Núcleo de Pesquisa em Estratigrafia e Geologia do Petróleo

As duas principais áreas de atuação do núcleo de pesquisa em estratigrafia e geologia do petróleo são:

A Estratigrafia e tectônica de faixas dobradas neoproterozóicas no entorno do Cráton do São Francisco; que desenvolve pesquisas visando compreender:

  • arquitetura estratigráfica de bacias neoproterozóicas que evoluíram como faixas dobradas;
  • tipos de bacias sedimentares neoproterozóicas (riftes, margens passivas);
  • influência glacial na sedimentação neoproterozóica; idade e correlação de eventos glaciais neoproterozóicos;
  • tectônica, cinemática, metamorfismo, geoquímica, geocronologia e diacronismo colisional das faixas dobradas;
  • formação e evolução do Cráton do São Francisco.

    E a Estratigrafia, sedimentologia, geocronologia e proveniência das unidades da Bacia do São Francisco, em especial do Grupo Bambuí; que envolvem pesquisas sobre:

  • evolução tectono-estratigráfica da Bacia do Grupo Bambuí e estudo das mineralizaçoes de fosfato sedimentar;
  • estudo tectono-sedimentar sobre conglomerados da Bacia Bambuí;
  • estudo das ocorrências de gás natural e contexto geológico; estudo do sistema petrolífero (hidrocarbonetos) da Bacia do São Francisco.
  • estudo da matéria orgânica particulada contida nas rochas sedimentares da Bacia do São Francisco através das técnicas de palinofácies e fácies orgânica.




    Pesquisadores:

    • Prof. Alexandre Uhlein (Coordenador)
    • Prof. Antônio Carlos Pedrosa-Soares (Petrologia, Geotectônica)
    • Prof. Fabricio de Andrade Caxito (Quimioestratigrafia)
    • Profa. Karin Elise Bohns Meyer (Palinologia, análise da matéria orgânica)
    • Geraldo Norberto Chaves Sgarbi (Petrologia Sedimentar)
    • Maximiliano de Souza Martins (Estratigrafia, Geotectônica)
    • Ivo Antonio Dussin (Geocronologia)
    • Paulo Roberto Antunes Aranha (Geofísica)
    • Doutorandos, mestrandos e estudantes de graduação.